Stablecoin brasileira BRZ se expande para rede Algorand

0 62
Avatar for portalgeographia
3 years ago

O protocolo Algorand é a terceira blockchain a firmar uma parceria com o BRZ, aumentando as possibilidades de casos de uso da criptomoeda brasileira lastreada no Real (BRL).

A Transfero (emissora da stablecoin BRZ) anuncia que o stablecoin em reais criada pela empresa está oficialmente disponível na Algorand, uma blockchain de classe mundial que permite transações financeiras rápidas, seguras e eficientes. Desse modo a Algorand passa a ser a terceira blockchain, além de Solana E Ethereum, a firmar uma parceria com a criptomoeda brasileira, aumentando as possibilidades de casos de uso em uma crescente gama de aplicações financeiras e de pagamentos.

A integração do BRZ a uma terceira blockchain visa a dar conta da crescente demanda por stablecoins em blockchains públicas no mundo todo. Isso exige uma infraestrutura de blockchain totalmente escalável para suportar mais transações.

Nesse sentido, a Algorand permite expandir a oferta da moeda para milhões de usuários, sem incorrer em custos significativos para eles.

“Estamos muito felizes com mais essa expansão do BRZ porque estamos preparando o caminho para que a criptomoeda seja capaz de atender à demanda deste crescente mercado”

Comemora o CEO da Transfero, Thiago Cesar. 

O BRZ (Brazilian Digital Token) é a principal stablecoin lastreada em real e, desde o lançamento, em 2019, já se tornou a stablecoin brasileira mais negociada no país. A criptomoeda da Transfero está disponível em cada vez mais plataformas, e se mostra uma vantagem para as exchanges que a listam. Dessa forma, é possível movimentar saldos entre plataformas internacionais em segundos por meio da tecnologia blockchain, além de ser um dos mais sofisticados instrumentos de hedge para ativos digitais. Atualmente, o BRZ chegou à marca de 204 milhões de tokens em circulação.

A Transfero Swiss é uma empresa internacional de soluções financeiras baseadas em tecnologia blockchain, com sede no Crypto Valley, em Zug, Suíça, e no Rio de Janeiro. 

Algorand é blockchain rápida, segura e pública

A Algorand Inc. desenvolveu o primeiro protocolo blockchain de código aberto, público e proof-of-stake puro (Pure PoS), voltado para a nova geração de produtos financeiros. Essa blockchain, o protocolo Algorand, foi concebida pelo vencedor do Prêmio Turing, Silvio Micali.

A empresa se dedica a eliminar a fricção das transações financeiras,  impulsionando a evolução do DeFi, permitindo a criação e a troca de valores, construindo novas ferramentas e serviços financeiros, trazendo ativos on-chain e fornecendo modelos de privacidade responsáveis.

O Brazilian Digital Token será transacionado através do ASA

Para quem ainda não conhece mais a fundo a tecnologia do Protocolo Algorand, é necessário entender que a Algorand possui o ASA (Algorand Standard Asset), traduzindo para o português, seria o Ativo Padrão Algorand, que é a forma pela qual qualquer ativo pode ser representado e transacionado pela infraestrutura da Algorand, como já acontece com USDT (Tether) e USD Coin (Circle). Além disso também já é possível aportar microações tradicionais da Tesla, Amazon, Netflix, Twitter, Google, Apple, Microsoft, tudo isto por meio da corretora Mese.io, e armazená-los na carteira da Algorand (Algorand Wallet).

O que são os ASAs (Ativo Padrão Algorand)?

Os Ativos Padrão Algorand (ASA – Algorand Standard Asset) fornecem um mecanismo padronizado, em Camada 1 (1st layer), para representar todo tipo de ativo na blockchain da Algorand, incluindo os ativos fungíveis e não fungíveis, fungíveis restritos e fungíveis não restritos.

Na economia de hoje, ainda há muitos desafios quanto à digitalização de ativos. Alguns deles são:

  • Acesso a mercados digitais globais

  • Transferabilidade 24x7

  • Quitação instantânea

  • Facilidade e implementabilidade de controles de ativos

  • Eficiência de administração, tais como conformidade e responsabilização

Os ASAs possibilitam controles opcionais e flexíveis dos ativos para emissores e gestores de negócio, conformidade e regulamentação. Além disso, diferentemente de outras redes, a infraestrutura Algorand oferece mais proteções ao usuário, por exemplo protege contra spam de ativos para evitar que ativos desconhecidos que possam apresentar problemas de reputação, tarifa ou problemas legais sejam enviados aos usuários sem sua aprovação explícita (os usuários precisam aprovar a entrada de novos ativos na carteira).

3
$ 0.02
$ 0.02 from @renangeo
Avatar for portalgeographia
3 years ago

Comments